Sábado, 10 de Novembro de 2007

Mais pornografia

 Se á coisa que sempre desacreditou a nobre industria pornográfica é o facto de menosprezar as mulheres e reduzi-la a meros objectos sexuais (o que se pode tornar especialmente confuso quando as mesmas estão a utilizar objectos sexuais).

  

 Mas eu julgo ter a solução para isso, e a solução chama-se “Pride Porn” ou PP (desculpem lá mas soava melhor em inglês).

 

E como é que isto funciona? Perguntam todos vocês que pesquisaram no google expressões como “Lolita extrema” ou “Paris Hilton”.

 

Pois bem, é realmente bastante simples, a base da história não difere muito da grande maioria dos filmes pornográficos. Vamos supor uma sala de aula de uma qualquer faculdade, uma aluna com mamas grandes, um professor, e no momento em que o pedagogo diz:

 

“Eu sei de uma forma de fazeres as tuas notas crescerem” enquanto desaperta as calças. A aluna levanta-se com um ar ofendido e diz: “Se julga que vou receber vantagens na avaliação, por receber outras coisas, nomeadamente o baboso anexo do senhor professor, pode voltar a fechar as calças, tenha o resto de um bom dia” e sai disparada da sala.

 

Annnn parece-vos bem ou não? Não desrespeitam as mulheres pois não? Mas para quem é a adepto de algo mais hardcore, o Pride Porn também cobre essas áreas, seus marotos.

 

Imaginem um centro comercial apinhado de gente, a imagem é ligeiramente tremida, e vê-se que é um tipo em andamento que carrega a manhosa câmara. De repente o plano centra-se numa moça com (vejam lá bem) mamas grandes. O gajo da câmara aproxima-se e diz:

 

“Tenho uma proposta a fazer-te que inclui fluidos humanos, e 300 dólares” (ou yenes para os fans da cena asiática)

 

E a resposta é:

 

“Guarde o seu sujo dinheiro para si, que não necessito dele. Deve achar que consegue tudo com o dinheiro não? Agora desapareça antes que eu chame o segurança.”

 

E nada acontece.

 

É bom ou não é bom, ann? Gajas dinheiro e orgulho, tem tudo para dar certo, acho que sim, acho que é capaz de pegar.

 

 

(ou talvez não, pelo sim pelo não as gajas vão ser violadas nos episódios piloto, mantêm a dignidade, mas a gente sempre vê mamas)

sinto-me: a enriquecer
música: Androginy - Garbage

De Rafeiro Perfumado a 11 de Novembro de 2007 às 23:07
Não se pode dizer que seja das tuas ideias mais comerciais, pá. Cheira-me mesmo que seria um flop...


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


.este tarado tem identidade (veja aqui qual)

.termos

 

.Setembro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
25
26
27
28

29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.este palhaço dise isto (e não fui á muito tempo)

. Crítica "O Filme do Desas...

. Ricardo Blayer, um ser hu...

. Ricardo Blayer, um ser hu...

. Ricardo Blayer um ser hum...

. Mas... ainda há textos aq...

. Um video

. E há quem seja pago para ...

. Pois, poesia agora...

. To soon?

. Tartarugas gigantes e del...

.depois disto ainda quer ver mais? Não? E se eu oferecer um microondas

. Setembro 2013

. Outubro 2012

. Junho 2012

. Fevereiro 2012

. Abril 2011

. Novembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Março 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Dezembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Junho 2006

.tags

. todas as tags

.eu recomendo isto, mas isto sou eu

SAPO Blogs

.subscrever feeds