Quarta-feira, 8 de Agosto de 2007

Um post verdadeiramente polémico

Muito provavelmente este será o post mais controverso deste blog, talvez por falar no tema tão sensível que é:

 

Lingerie sensual

 

Antes de prosseguir, quero deixar dois pontos bem assentes

 

..

 

Ok, estes parecem bem assentes, agora antes de ir direito ao assunto, deste post, quero deixar duas notas:

 

Nota nº1 – Este post refere-se obviamente a lingerie sensual feminina, não pus o feminina a negrito porque parece-me obvio (pelo menos do meu ponto de vista) que a ideia de lingerie sensual masculina é inconcebível, poderão chamar-me homofóbico; machista; Adónis sim poderão chamar-me isso tudo, mas por e simplesmente não consigo imaginar um homem (por exemplo o Eládio Climaco) com uma tanga fio dental de cor branco, e asinhas felpudas (aviso já que não pago as contas aos terapeutas dos leitores que visualizaram esta imagem)

 

Nota nº2 – Sou totalmente a favor (a negrito e a vermelho) de lingerie sensual, as seguintes palavras não são nenhum protesto, queixa ou difamação ao bom nome da lingerie sensual.

 

Dito isto, prosseguiremos então com o post:

 

Tenho que ser sincero com vocês, apesar de grande apreciador de lingerie sensual, continuo sem perceber o intuito da mesma, no entanto conheço duas teorias para o uso da mesma.

 

Teoria nº1 – Esta teoria diz-nos que a mulher se sente mais sensual e confiante, quando usa este género de vestuário. E eu pergunto:

 

Como raio é que uma vestimenta que coloca um fino fio de tecido bem dentro da nossa anatomia, quase infiltrando-se dentro do nosso corpo (a forma como sei esses pormenores todos é uma história longa e complicada que me recuso a contar), um espartilho, que por uma obscura razão (talvez a razão de ser dois bocados de metal que servem para apertar o nosso corpo em direcções opostas), e um soutien que levanta e sustêm o peito da visada com aparente firmeza, pode fazer alguém sentir-se sensual? Alguém me consegue responder a isto?

 

A teoria nº2 diz-nos que a lingerie sensual serve para excitar os homens.

 

Quanto a isso, e julgo falar pela grande maioria dos homens (quanto a outra parte, não desistam, existem tratamentos) que são muito, mas muito, mas mesmo muito, poucas as coisas que nos fazem perder a vontade por um bocadinho de “festa” (caso se interroguem pelas aspas na palavra “festa” elas servem para realçar o eufemismo feito para “sexo, duro cujos limites são os da nossa mui extensa imaginação, e/ou condição física”) ou seja qualquer roupa que as hipotéticas parceiras vistam será excitante, quando as mesmas hipotéticas parceiras se mostrarem dispostas para, “um pouco de festa”.

 

A sério nem mesmo, o fato de macaco Adriano, mítica mascote do programa “big show sic” nos iria demover da nossa ânsia para “um pouco de festa”.

 

E digo ainda mais, muito, mas mesmo muito poucas são as situações onde a vontade de “um pouco de festa” desaparece, se não vejamos:

 

Funeral de um ente querido – Parece a ultima situação onde alguém iria querer ter sexo, mas constatemos na seguinte situação:

 

Estamos desolados pela perda do nosso ente querido, até que de repente aparece uma hipotética parceira a oferecer-nos o seu apoio, a hipotética parceira tem mamas grandes, a hipotética parceira gosta de abraços apertados.

 

E prontos é só isto, de repente estamos a olhar para todos os lados, a ver qual deles daria um bom sitio para praticar a copula desenfreada com a hipotética parceira, no entanto, a mesa copula será afectada pela tristeza da perda do ente querido, a junção do momento da copula, com lágrimas e interrogações sobre o sentido da vida, pode parecer bizarra, mas é no entanto possível (mais uma vez a forma como sei esses pormenores todos é uma história longa e complicada que me recuso a contar)

 

Termino assim o post que irá certamente semear as sementes da discórdia neste blog, e afastará várias hipotéticas leitoras deste hipotético blog.

sinto-me: destemido
música: Let me love you - Mario

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


.este tarado tem identidade (veja aqui qual)

.termos

 

.Setembro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
25
26
27
28

29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.este palhaço dise isto (e não fui á muito tempo)

. Crítica "O Filme do Desas...

. Ricardo Blayer, um ser hu...

. Ricardo Blayer, um ser hu...

. Ricardo Blayer um ser hum...

. Mas... ainda há textos aq...

. Um video

. E há quem seja pago para ...

. Pois, poesia agora...

. To soon?

. Tartarugas gigantes e del...

.depois disto ainda quer ver mais? Não? E se eu oferecer um microondas

. Setembro 2013

. Outubro 2012

. Junho 2012

. Fevereiro 2012

. Abril 2011

. Novembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Março 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Dezembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Junho 2006

.tags

. todas as tags

.eu recomendo isto, mas isto sou eu

SAPO Blogs

.subscrever feeds