Quarta-feira, 28 de Março de 2007

Por mim desde que o Claudio Ramos não ganhe um globo de ouro

António Oliveira Salazar, é (segundo um número indefenido de pessoas que fizeram o obséquio de digitar o nome do homem numa mensagem sms) o maior português de sempre.

Isto a mim faz-me lembrar aquela situação onde está um raio de um puto aos saltos, e chega a uma altura onde nós (pessoas maduras e responsáveis) da-moas um violentísimo biqueiro no raio do miúdo, o puto chora, nós arrependemonos e compramos um chocolate ao infermo manipulador.

Assim aconteceu, depois de tantos anos a escarnizar o fascista, veio-se uma onde de piadade ás nossas amáveis mentes e prontos, toca a votar no "pobre ditador sanguinário, o homem esforçou-se tanto, coitado, também não precisa exagerar" e toca a considerá-lo melhor patriota que Luis de Camões, Vasco da Gama, Infante Dom Henrique, D. Manuel II, D. Afonso Henriques, Manuel João Vieira; Emplastro, entre muitos outros.

Até visualizo o Toni (como era chamado pelos amigos, na intimidade era por "cãozinho") asim com dez anos refastelado a comer o seu chocolate:

-Toni senta-te direito rapaz, cuidaido que ainda...

(queda aparatose)

...cais

sinto-me:
música: Drow you out - Crossfade

Quinta-feira, 22 de Março de 2007

Não critique o seu dentista

Eu arranjo a cramalheira, numa das várias clínicas dentárias em Angra do Heroísmo (ou cidade como é conhecida pelos meus conterrâneos), antes de prosseguircom a minha duvida exestencial queria fazer aqui um aparte

APARTE

Aqui nem Angra as clínicas dentáris são uma espécie de supermercado dos ricos e/ou ilustres, como sou possuidor do maior meio de comunicação da Grotafunda, a população vez uma vaquinha (e ao dizer vaquinha não me refirio ao tradicional método lavrador, mas sim a juntar uns trocos), de modo a que eu me juntase a essa elite cá da terra, era ver o orgulho na cara destes homens e mulheres enquant me davam boleia na melhor carroça cá do sítio, eles sabiam que dentro de momentos a Grotafunda iriater um membro oficial numa clínica.

Feito o aparte aqui vai a dúvida exestencial:

DÚVIDA EXESTENCIAL

Ao chegar á clínica (o mais próximo que alguma vez tive do paraíso) reparei nuns filhetos que tinham como intuito o facto de avaliarmos o atendimento na clínica, tanto na marcação como na sala de espera, ou até mesmo durante a intervenção, olha eu não sei o que vocês pensam mas eu tenho algum receio em avaliar gente que de futoro irá colocarme uma broca na boca.

sinto-me: com duvidas
música: But is better if you do - PANIC! at the disco

Sábado, 17 de Março de 2007

Lamentamos apausa, frases como "comia-te como um porco come um balde de lavagens" voltarao em breve

É de conhecimento geral que este blog é o primeiro meio de comonicação na Grotafunda, tem ainda mais importância que o 24 horas, aqui fazem-se anuncios, publicam-se recados amorosos, cumprimentamse parentes, enfim é o portal da Grotafunda para o mundo civilizado em geral.

Venho então por este meio pedir que todas as pessoas que visitem o blog escrevam o seguinte comentário "don´t go and leave me, and please don´t drive me blind" (nem é muito dificil basta copiar e colar, eu sei que a maior parte da poplaçao da minha terra não consegue fazer isto, mas se for preciso eu chamo o técnico cá do sitío).

Como é óbvio isto tem um propósito, que é dedicar á pessoa que me petrifica com um olhar (quando um homem pede uma coisa asim só á uma conclusão a tirar, este gajo tá sem ideias).

Quem quiser escrever, Blayer desejo que morras atropelado por um destribuidor de cd´s da Floribella, está á vontade, ms por favor acrescente a frase em estrangeiro (étambém o meu contributo para a globalização, e divulgação de uma obra-de-arte em termos de musicais dos Placebo).

 

P.S- Existe a possibilidade do comentário numero 17 ganhar um microondas, ou uma estadiua em Caxias, numa pensão estrela e meia.

sinto-me: a suplicar
música: Blind- Placebo

Terça-feira, 13 de Março de 2007

Um desafio

O blog "homem mau" (mais propiamente o blogger joaovitor), colocou-me perante de um desafio.

E como diz o ancião da Grotafunda:

"Aquele que recusa um desafio devia ser sodomizado por homosexual ninfiómsníaco que não vê um homem á ano e meio" (guardamos um homosexual numa jaula para estas situações).

Sendo asim aqui vai a minha corajosa resposta ao desafio:

7 coisas que faço bem:

Nada existe muita gente que não faz nada, mas eu tenho uma capacidade especial, consigo inclusive ficar sentado a olhar em frente durante largos periodos de tempo, que eide eu dizer, sou especial.

Judo poso não ser o melhor atleta dos Açores, mas sei umas coisas (o sufeciente para escrever num blog)

Dormir não é para me gabar mas consigo dormir em quaise todas as posições e situações.

Bater nos mais pequenos um homem também precisa de se saber defender

Exercicio  á uns que faço melhor que outros, amsem geral não á exerciciod e condição física que não me adapte

Falar Á quem diga que tenho o dom da palavra (normalmente são surdos)

Beijar também á quem diga iso (e desta vez não é a minha mãe)

7 coisas que não faço bem (ou não faço mesmo)

Bowling Para além de não perceber a piada de atirar uma bola contra coisas, não tenho mesmo jeito nenhum

Desportos colectivos Tirando talvez rugby, onde existe mais contacto físico

Escrever no teclado Sou uma autêntica miséria, deixo letras atrás ou acrescento letras 8aliás muitos textos daqui são vitimas diso mesmo)

Cortar unhas Por e simplesmente o degredo

Juntar a s unhas num monte para depois polas no lixo  O degredo também

Roer as unhas Por acso não roou, mas se roesse era muito mald e certeza

Cozinhar gatos Aquilo é uma ciência, que infelismente não domino

7 coisas que me atrem no sexo oposto

O olhar Á quem goste d eolhos azuis, eu gosto do olhar, a cor é secundária, á olhares que me arrepiam por dentro, que me transportam para outro mundo, (até agora soó conheci um assim)

Alguma frieza e mistério Uma mulher enigmática é sempre atraente taméem não precisa ser um bloco de gelo (o ideal e sser como a pessoa do olhar arrepiante)

Femeninalidade(nem sei se e asim que se escreve)  Sou a favor da emaniçipasão da mulher, mas uma coisa nãio impede a outra

Ser uma gaja É essencial, não é um transexual ou um shemale ou nada que se parece, uma gaja é uma gaja um mariconço é um mariconço

Ter cuidaido com o corpo É sinal de auto-confiança alguém que trata de si, é porque gosta de si

Comprennão É o que une os seres humanos

Estar viva Prefiro as gajas que se conseguem mexer, são gostos podem não ser muito normais mas eu sou asim

7 coisas que digo freqeuntemente

Saudações bem catitas para vocês O blog do Nuno Marlk despertou esse monstro que está em mim

Continuo a olhar para ti E se soubessem que era vocês diziam o mesmo

Tudo supimpa A lingauge dos anos 50 vai volatr, escrevam o que voz digo

Já venho E venho mesmo, passado muito tempo

Dois sábios quando se vêm abraçam-se, dois ignorantes agridem-se Da autoria de Paulo Coelho, e dá muito jeito (aliás até pareço intelengente a dizer iso)

Já te dise Angelina que não quero ter sexo desenfrado contigo pela 5ª vez consecutiva Isto as modelos internacionais são incenciáveis

Xau Também dá muito jeito, quando acrescentado com não me procures

7 actores/actrizes

Paul Giamanti Não á nada que este homem não faça bem

Hilary Swank Vi-a em Milion Dollar Baby, e achei um oscar merecido

Tom Cruise Papeis muito sui generes, e geralmente bem interpretados

Sacha Bahron Cohen Um ícone dos novos tempo (pode não ser dos melhores actores, mas uma coisa ele é, corajoso, muito corajoso)

Nicolo Kidman Entre milhares de razões, Moulin Rouge

Meryl Strep (maismuma vez não sei como se escreve) Não sei soletrar  nome dela, mas sei soletrar F-E-N-O-M-E-N-A-L

Alan Arkin Porque sim

 

Agora desafio qualquer um que leia isto e que não tenha feito este desafio ainda (até escolhia alguem em concreto mas sao 23H45 nos Açores e amanhã levanto-me cedo)

sinto-me:
música: Quietly - Guano Apes

Sábado, 10 de Março de 2007

BBC vida selvagem III (porque o mundo continua uma selva e é preciso ter cuidaido)

É verdade, depois de uns tempos ausente dos documentários, decidi (á custa de um pó branco muito exótico) sair á rua e enfrentar os inúmeros perigos deste mundo (incluíndo algums reproduções sonoras da Floribella).

Desta vez a espécie em voga é nada mais nada menos que "o gajo de raça indiana (ou cigana) que vende rosas" também conhecido como "ké frô?"

Esta espécie habita em grandes buracos debaixo da terra, cada buraco contêm uma familia, cada família inclui o macho alfa, a fêmea 14 crias, 2 anciãos (um macho outro fêmea), mais dois outros machos (parêntes do macho alfa) com suas respectvas parceiras e 14 crias cada casal. O espaço é reduzido e o ar é dificil de respirar, por vezes algumas crias têm mesmo que deixar de respirar para queos outros membros da família consigam.

Por vezes, existem alguns duelos entre duas familias, devido á conquista de bens ou espaço, estes duelos são apenas interropidos com a intervenção de alguns espécimes de outra espécie mais forte, denominada de "polícia".

O macho alfa é o unico que sai do buraco, em facto este raramente está lá, apenas para no seu "lar" para deixar mantimentos e gritar em frente a um engenho reflector ffeito de vidro (ao qual denominei de "espelho") qualquer coisa num dialecto incompreensivel, a tradução ara o papel seria algo mais ou menos como isto "ké frô".

O macho alfa anda durante todo o dia em busca de presas, quando avista ujma não tem piedade e ataca logo com gritos a citar a mesma fraseque dise em frente ao espelho na sua "casa".

Já depois de o sol se pôr, o macho alfa regressa ao buraco da familia, onde compartilha os mantimentos alcansados após um dia de caça, caso falte mantmentos uma criaserá sorteada para se sacreficar em prol do bomm funcionamento da familia.

sinto-me: calminho e relaxado
música: everbody wake up - Dave Mathews Band

Quarta-feira, 7 de Março de 2007

O sedutor da minha terra

É de conhecimento (pelo menos das 7 pessoas que visitam este blog, familiares incluidos) que vivo num meio pequeno (Ter ceira- Açores, mais propriamente na Grotafunda) por iso existe sempre um individuo que se destaca por alguma razão.

Neste caso a pessoa que vou mencionar (não quero estar a dar nomes porque Donato não é um nome que seja digno deste individuo, talvez Vibrocil ou Halibut fizessem mais justiça) é basicamente o sedutor na terra.

E passo a explicar porquê: este individuo foi a primeira pessoa a misturar leite achocolatado com sumo de laranja, quando nos encontramos na presença de alguem com a visão e coragem de fazer semelhante junção, sabemos logo que se trata de um individuo especial, um visionário um temerário diria até.

Mas desenganemse os que pensem que esta pessoa é daqueles que lá por ter um odor a estrume mais intenso que qualquer lavrador ou sindicalista da agricultura, se juylga superior aos utor. Antes pelo contrário, por exemplo outro dia num transporte publico estava a procura de um lugar sentado livre, e o que é que este beneifeitor publico faz, imediatamente levantase, espanca um idoso ate este não se conseguir levantar do chão de maneiras a que eu me pudesse sentar.

O que este espécime tem de tão especial nunca poderemos dizer, mas a banha de porco que usa como gel capilar poderá ser uma das inumeras razões da sua mística tão apreciada pelo povo femenino, uma minoria masculinda e ainda três ou quatro ovelhas.

Mas a acção mais recente que me senbilizou foi quando ele exegiu que lhe devolvem-se os 2 euros que tinha emprestado a uma criança para esta comprar uma sandes de queijo, pois não tinha posses para comprar comida, e foi mesmo partir para violência o miudo (que por sinal tinha partido uma perna recentemente) agarrou-se  ao dinheiro com toda a força, alegando  ser para "compra leite em pó para o meu irmão de 3 meses". Mas o sedutor cá da terra não retroceu nem um passo perante ao temido miudo de 7 anos coxo, e não só lhe tirou o dinehiro, como também as roupas, os bocados de pau queserviam como mulwetas eainda o violou, só para ele aprender a não importunar as pessoas.

Para acabar o Donato (ou "lindinho da lavoura" como gosta de ser chamado") informa todas as interesadas que se encontra todos os dias por volta das 23HOO disponivel (mas apenas com marcação prévia) numa praça de touros perto de si.

sinto-me: a fazer uma merecida homenagem
música: So far away - Donovan Frankeiter

.este tarado tem identidade (veja aqui qual)

.termos

 

.Setembro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
25
26
27
28

29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.este palhaço dise isto (e não fui á muito tempo)

. Crítica "O Filme do Desas...

. Ricardo Blayer, um ser hu...

. Ricardo Blayer, um ser hu...

. Ricardo Blayer um ser hum...

. Mas... ainda há textos aq...

. Um video

. E há quem seja pago para ...

. Pois, poesia agora...

. To soon?

. Tartarugas gigantes e del...

.depois disto ainda quer ver mais? Não? E se eu oferecer um microondas

. Setembro 2013

. Outubro 2012

. Junho 2012

. Fevereiro 2012

. Abril 2011

. Novembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Março 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Dezembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Junho 2006

.tags

. todas as tags

.eu recomendo isto, mas isto sou eu

SAPO Blogs

.subscrever feeds