Segunda-feira, 8 de Junho de 2009

Natal contemporâneo (parte IX; fim)

Para que conste: até eu acho este final fraquinho, mas enfim na altura senti a necessidade de explicitar a minha ideia de forma atabalhoada em género de conclusão.

 

Felipe apercebeu-se que o seu protégée era na realidade uma criança triste, e apesar da melancolia e apatia lhes permitir uma melhor visão das coisas e uma mais próxima aproximação da verdade, a melancolia e apatia restringia-lhes a felicidade, pois impossibilitava-os de se fascinarem e seduzirem. E apesar de Felipe ter renunciado e se afastado conscientemente de tudo o que pudesse afastar da razão e colocá-lo em situação de risco emocional, o garoto não requeria consciência suficiente para poder escolher conscientemente abdicar de experiências e dos prazeres do fascínio e sedução, em prol de uma imagem (discutível) da realidade. Sim todas as crianças vivam numa utopia fantasiosa e efémera, mas… não será isso uma experiência que todo o ser humano merece? Afinal se algum é bom e nos permite alcançar alguns momentos de felicidade, não se deverá prolongar e preservar esses momentos? Deverá a realidade usurpar-se á felicidade? Será que o conceito de felicidade eterna, apenas por ser utópico, deve ser evitado? Felipe não sabia, mas Felipe lembrava-se dos bons momentos que o fascínio e a sedução lhe tinham proporcionado, Felipe reconhecia que se tinha deixado cair num caleidoscópio de deleite, que estava longe de o conduzir á verdade irrefutável, mas a verdade irrefutável é também ela utópica, e quando as nossas hipóteses de escolha são ambas utópicas, quem era Felipe para dizer que a opção é tão óbvia e linear para que se ignore a outra? Era isto que passava pela cabeça de Felipe enquanto o Mexilhão Brincalhão lhe pontapeava os glúteos e apitava numa buzina gigante.

 Nos dias que se seguiram Felipe escreveu uma crónica sincera e mais user friendly, sobre as duvidas que lhe ocorreram naquele dia, defendendo a protecção das fantasias infantis como “forma de prolongar a felicidade (objectivo de qualquer ser humano) por mais tempo”, esse texto permitiu-lhe uma taxa de aceitação dos leitores a rondar os 30% (era agora menos odiado que o cartoonista que fazia bandas desenhada a gozar com amputados, e com o autor da crónica “zona jovem” que tinha como classificação positiva a frase: “bué da fixe” e como classificação negativa a frase: “fatela meu” e se despedia do leitor com “curtem muito bacanos”). Essa taxa em junção com a pequena cunha do director permitiu-lhe mais uns anos de escrita esporádica, e os douradinhos suficientes até á data da sua morte por atropelamento de motorizada (acidente que lhe esmagou o crânio).  

 

sinto-me: pontapeado
música: Smells like teen spirit - Nirvana

2 comentários:
De Moyle a 8 de Junho de 2009 às 14:19
acabou por ser um bom fim, apesar do que dizes. afinal o protagonista não era um caso perdido como parecia no início. é bom, dá aquele toquezinho de esperança na Humanidade :)


De Rafeiro Perfumado a 9 de Junho de 2009 às 12:13
Fraquinho? Qualquer texto que inclua a frase "caleidoscópio de deleite" tem lugar nas prateleiras de qualquer Modelo ou Continente!

Abraço!


Comentar post

.este tarado tem identidade (veja aqui qual)

.termos

 

.Setembro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
25
26
27
28

29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.este palhaço dise isto (e não fui á muito tempo)

. Crítica "O Filme do Desas...

. Ricardo Blayer, um ser hu...

. Ricardo Blayer, um ser hu...

. Ricardo Blayer um ser hum...

. Mas... ainda há textos aq...

. Um video

. E há quem seja pago para ...

. Pois, poesia agora...

. To soon?

. Tartarugas gigantes e del...

.depois disto ainda quer ver mais? Não? E se eu oferecer um microondas

. Setembro 2013

. Outubro 2012

. Junho 2012

. Fevereiro 2012

. Abril 2011

. Novembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Março 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Dezembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Junho 2006

.tags

. todas as tags

.eu recomendo isto, mas isto sou eu

.Enganos

Contador de visitas
SAPO Blogs

.subscrever feeds