Domingo, 6 de Janeiro de 2008

Micoses, mais que uma doença, um estatuto social e um modo de vida

Eu sou um indivíduo que frequenta ginásios, e como tal utilizo os balneários dos mesmos.

 

O que é que esta afirmação contribui para acabar com aquela crise de moscas daquela pequena província do Suriname? Por e simplesmente não contribui, mas adiante:

 

Quem utiliza este género de lugares, deve aperceber-se de três tipos de pessoas:

 

- Os que nunca se deslocam descalços no local, receando apanhar uma micose

 

- Os que têm micoses

 

- (E os outros, que vou categoricamente ignorar e fingir que não existem, falando sempre deles entre parênteses, e com um tamanho de letra menor)

 

No fundo podemos comparar os indivíduos com micoses, com aqueles miúdos que na escolinha andavam sempre a bater nos restantes. Da mesma forma que os miúdos que levavam tareia, andavam sempre preocupados a evitar a todo o custo os “rufias”, as pessoas com uma boa saúde nos pés, andam com aqueles chinelos de borracha todos preocupadinhos.

 

Já os outros, é velos descalços e confiantes, caminhando no balneário (geralmente em nu integral) com os fungosos pés completamente desprotegidos, é gente que já perdeu á muito a esperança de um pé uniforme e regular, e que não teme nada nem ninguém, o pior que lhe podia ter acontecido já aconteceu. É gente perdida de futuro incerto, que aceita cada acontecimento com conformismo, pois sabem que o pior já aconteceu e não vai passar.

 

Quanto a mim, já tive uma micose, mas depois vi a luz, na forma de uma embalagem de 100g de canesten, e fui a tempo de salvar tão ilustres presuntos como os meus, de qualquer forma continuo a andar descalço no balneários, só para avisar qualquer individuo a pessoa que vêm a frente deles, vêm alguém com uma micose em potencial sem medo de a usar.

sinto-me: corajoso
música: i am where it takes me - Black Light Burns

2 comentários:
De Astray a 8 de Janeiro de 2008 às 14:07
Homem sem micose não é homem!


De Blayer a 9 de Janeiro de 2008 às 23:55
Na melhor das hipoteses e um individuo diminuido


Comentar post

.este tarado tem identidade (veja aqui qual)

.termos

 

.Setembro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
25
26
27
28

29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.este palhaço dise isto (e não fui á muito tempo)

. Crítica "O Filme do Desas...

. Ricardo Blayer, um ser hu...

. Ricardo Blayer, um ser hu...

. Ricardo Blayer um ser hum...

. Mas... ainda há textos aq...

. Um video

. E há quem seja pago para ...

. Pois, poesia agora...

. To soon?

. Tartarugas gigantes e del...

.depois disto ainda quer ver mais? Não? E se eu oferecer um microondas

. Setembro 2013

. Outubro 2012

. Junho 2012

. Fevereiro 2012

. Abril 2011

. Novembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Março 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Dezembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Junho 2006

.tags

. todas as tags

.eu recomendo isto, mas isto sou eu

.Enganos

Contador de visitas
SAPO Blogs

.subscrever feeds